Arquivo da categoria: Sobre artes e artistas…

Aos “Mishamigos”

Ok, nem vou explicar o título e vou direto aos fatos.
Vou falar aqui assumidamente e sem vergonha na cara: Estou viciada.

Quando eu era mais nova conheci um cara que me apresentou o negócio. Então eu já conhecia sim, já sabia do que se tratava, mas a vida me levou para outros rumos e acabei não continuando. O tempo passou e sempre tive curiosidade de continuar. Acho que passou uns bons 10 anos. Então eu comecei de novo por incentivo do boy. E agora não consigo parar.

Resultado de imagem para don't you cry no more

SUPERNATURAL é aquela série que você quer assistir um episódio atrás do outro nonstop. A trama é intrigante, a história é envolvente, os personagens são carismáticos e queridos por todos os SPN-fans. Não tenho dúvida nenhuma nenhuma nenhuma que os irmãos Winchester são duas das criaturas mais lindas desse planeta. Os JJs (Jensen Ackles e Jared Padalecki que interpretam os personagens principais) são mais lindos que qualquer capa dos cadernos Click que a Tilibra já pode ter em qualquer ano dos anos 90… (suspiros) Mas o que venho falar aqui não é exatamente de Supernatural ou dos JJs, mas sim do meu vício:

MISHA COLLINS
(lê-se, homem-lindo-de-deus)
(mais suspiros)

Se tem mais alguém na série que faz parte do time das criaturas mais lindas do planeta, este é Misha. Não estou sabendo como lidar com tanta fofura, lindeza, boniteza, inteligência, coração, personalidade, carisma,  etc etc. Misha interpreta o anjo Castiel na série, e desde que ele apareceu, minha vida não é mais a mesma. Tsuyoshi Domoto não é mais o mesmo… (Steven Tyler ainda é o mesmo). Não estou sabendo como lidar com esta transição… Vou continuar dizendo que o homem da minha vida ainda é o Tsuyoshi porque Misha é casado, e sua esposa é tão-tão super demais que não dá pra competir. (Como se fosse uma questão de competição. Tenha empatia pelo coração de menina aqui. Obrigada.)

Resultado de imagem para misha collins puppy eyes

Oh dear, those puppy eyes…..

Resultado de imagem para the last time someone looked at me like that i got laid

O nome verdadeiro de Misha é Dmitri Tippens Krushnic. “Misha” é apelido de infância e Collins é o sobrenome da avó. Misha é daqueles caras que tem um monte de qualidades. Vem de família pobre, estudou Teoria Social, é budista e já ficou mais de 6 meses em um mosteiro no Tibet (e volta lá todo ano para um retiro de 10 dias), estudou direito, trabalhou com Bill Clinton na casa branca, é carpinteiro (costuma construir seus próprios móveis por hobby) e casou-se com Victoria Vantoch, uma jornalista e “sexóloga” (estou resumindo a parte da profissão dela que ela escreve sobre sexo) que é tão F#DA que ganhou uma bolsa de estudas da NASA (motivo, vide wikipedia), com quem tem 2 filhos. Ah sim. Esqueci de mencionar, além de que ele é ator e atua no Supernatural, claro… Ele é poeta.

Resultado de imagem para misha collins quotes

Misha também é muito divertido e tem uma postura bastante admirável na vida, livre de preconceitos, aberto e pacificador. Por exemplo em seu casamento, Misha vestiu-se de noiva (com direito à tiara, véu e buquê) e Victoria vestiu-se de noivo, carregando um buquê de legumes com formatos fálicos… (aahmm.. ahhmm… ok, nevermind). Em uma entrevista onde foi questionado sobre o seu nome, ele falou que sua mãe teve na juventude um namorado chamado Dmitri e que o apelido dele era Mitcha, mas que a mãe dele chamava-o de Misha, então, seu nome artístico vem de um apelido errado de um ex da sua mãe, mas que agora já era muito tarde para mudar esta história. Super carismático, Misha mantém um relacionamento de amizade muito bonito com os JJs lindões e a galera do SPN. Também quando esteve na CCXP do ano passado (ou retrasado, não sei…) aqui no Brasil, deve ter matado muitas meninas de amor. Ainda bem que eu nem sabia direito da existência e da vinda dele; se soubesse como agora que ele esteve tão pertinho acho que teria gastado o dinheiro que não me pertence para ir vê-lo… (mais suspiros)

Imagem relacionada

No seu papel como o anjo Castiel, o que tenho à dizer é que ele arrasa (APENASH). Extremamente excêntrico, violento e rebelde por um lado (e somente por causas maiores), mas também por muitas vezes tão puro e inocente como uma criança. Cas está lá quando os Winchesters precisam (ou quando o Dean chama). Faz das tripas o coração por eles (e de certa forma eles por ele)… Isso que estou falando é até aonde assisti pois ainda estou na 6ª temporada de 12. Muito chão e possibilidades pela frente… Como tem uma ligação maior com o Dean, existem uns fanarts bem estranhos chamado “Destiel”, shipando os dois (para quem não sabe o que é shipar, clique aqui), o que não condiz muito com o contexto da série. Acho que rola estas coisas porque o Dean é muito irônico e Cas é todo inocente (até onde assisti, ok?), o que acaba dando margem para as pessoas confundirem as coisas. Eu entendo como uma amizade verdadeira, um amor fraterno e angelical, algo bonito assim… (Sim, porque lá no fundo do meu coração eu sou romântica e adoro as cenas de reconciliação e prova de amizade; é sim tá, sou assim mole mesmo. Acho fofo mesmo, e daí?). Sobre Jensen, Misha falou em entrevista que existe algo que funciona muito bem entre os dois durante as filmagens e que não gostaria de ver isto acabar.
(M U I T O   A M O R <3)

Imagem relacionada

Ai, então é isto. Só queria desabafar todo o meu amor, dizer que esta lindeza foi uma das descobertas mais bacanas que fiz nos últimos tempos e que estou curtindo muito assistir SPN. Recomendo para quem gosta de historinhas de monstros, vampiros, anjos e demônios ainda light e que não te trás pesadelos. (Pelo contrário amigaaansss!!!! *_*)

Resultado de imagem para misha collins wink gif

E apenas aos “hunters” gostaria de mencionar:
– Porque o cara da pizza não para de bater nela?
– Você precisa me deixar tocar nela.
– Hola Mishamigos!
E o mais importante: HEY ASSBUTT!!

Resultado de imagem para misha collins quotes

Beijosmedesligo em suspiros x_x

Anúncios

Cadeira inferior C, setor 131B

15 de outubro de 2016. Esta poderia ser uma data qualquer se não tivesse sido “A” data. Achei que isso merecia um post no dia 15 mesmo, mas a verdade é que até agora não estou sabendo lidar com a situação… ;_; Sabe, “todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite” (como já dizia Lulu e Tony). Mas quando você espera por ESTE sábado a noite por mais de 5 meses, isto se torna quase um colapso cardíaco quando realmente chega. Nem da para acreditar direito e para ser sincera, nem acredito ainda…

***respirando fundo***

Image result for breathing gif

Cadeira inferior C, setor 131B foram os assentos do Allianz Parque (ou Estádio do Palmeiras, como preferir) que comprei, láááá em meados de junho e parcelei para todas as vezes, para assistir a banda do coração, pela primeira E TALVEZ PELA ÚLTIMA VEZ na vida…

Pois, é. Muitos sabem, muitos foram e alguns sequer conhecem as músicas, mas, no dia 15 de outubro, São Paulo recebeu de braços abertos nada mais, nada menos que  A E R O S M I T H, em sua (suposta) última turnê mundial!!

Aerosmith Wallpaper Free Download.

Achei que por se tratar de Brasil tudo estaria sujo, desorganizado e atrasado, mas acho que estamos aprendendo afinal a lidar com os estrangeiros pelo menos… Estava tudo organizado e relativamente limpo, e os “Bad Boys from Boston” foram não só pontuais como começaram o show com quase 10 minutos de antecedência. Mesmo estando à meeeeeetros de distância do palco (porque me recuso a juntar-me a muvuca da pista a troco de nada, pois não sou a pessoa mais alta do mundo e ficaria cercada de pessoas enormes com certeza fazendo parede pra mim, sem poder enxergar nada e ainda ser pisoteada, cotovelada etc…), graças a tecnologia pude ver a carinha do Steven Tyler, homem maravilhoso ai medeeeessss!! no telão; ele fez caras e bocas (e que boca!) para as câmeras, brincou com os fãs, fez gracinhas, jogou-se no chão, um verdadeiro Show Man. Sem dúvida Steven Tyler é o cara, é o líder e não deixa de salientar o talento dos companheiros à todo momento.

Aerosmith em São Paulo (Foto: Flavio Moraes/G1)

Falando em Steven Tyler, eu tenho um travesseiro chamado Steven Tyler. rsrsrs O nome surgiu porque 1, eu amo o Steven Tyler (e que Tsuyoshi Domoto não saiba disso… vide post Tsuyoshi Domoto) e 2, a ideia veio da brincadeira “Na Cama com Steven Tyler“. Quem não brincou de “Na cama com Steven Tyler” na época do Orkut, não é minha gente? ….O QUÊ?? Não sabe que brincadeira é essa??? Vem cá que a tia explica… Na época do Orkut existia um horóscopo diário que aparecia na sua página. Você tinha que copiar o que estava escrito, acrescentar “Na cama com Steven Tyler” no final da frase e postar. Vou dar exemplos com o meu horóscopo do Terra de hoje (que é comprido e deu pra fazer 2!):

“A Lua em Gêmeos faz um ótimo aspecto com o Sol e Mercúrio, indicando um dia emocionalmente equilibrado, com boas notícias, especialmente relacionadas ao passado… na cama com Steven Tyler.”

“Marte e Plutão em Capricórnio movimentam seus relacionamentos trazendo transformações profundas em sua maneira de relacionar-se… na cama com Steven Tyler.”

Image result for steven tyler gif

<3<3<3<3<3

Aiminhanossenhora, acho que vou rir pra sempre dessa brincadeira.
E vou sorrir pra sempre para esse gif maravilhoso…..

Mas voltando o show, este senhor de quase 70 anos (ele tem 68 anos) mostrou fôlego e resistência em sua performance impecável; o “Demon of Screamin” soltou os seus gritos ao vivo sem exitar, e eu também. Gritei tanto que achei que iria expelir um pedaço da minha garganta uma hora. Estava mesmo curtindo o show desesperadamente, cantando, gritando, pulando, chorando, tudo ao lado do boy que também ama a banda. Nos momentos românticos das músicas como “Crazy” e “I don’t wanna miss a thing” nos beijamos… mas foi rapidinho porque né… o Aerosmith estava ali cantando na nossa frente, o ingresso foi caro e tal…. tem que aproveitar tudo do show ne. :P

Para mim, o show todo foi bom e passou num piscar de olhos. A uma hora e 30 minutos de pura emoção que passou rápido e deixou gostinho de quero mais, muito mais T_T. Mas acho que além de “Pink” que era uma música que eu esperava muito (porque eu sou bem desse tipinho mesmo, até comprei camiseta pra ir ao show, me deixa ta), a melhor parte foi a “Dream On” com Steven no piano e Joe Perry EM CIMA DO PIANO!!! (SCORRR MIM AJUDEIM>>>>>>> X_X)

Aerosmith em São Paulo (Foto: Flavio Moraes)

Os Toxic Twins sem dúvida são a cara da banda, “os tiozão” mais estilosos do universo. E se os rumores forem verdade de que a banda pode terminar depois desta suposta última turnê mundial, com certeza vai fazer falta neste mundo tão limitado do bom e velho rock and roll…

Só posso dizer que lamento não conseguir ter visto estes caras mais de perto, mas o som estava ótimo e cantei tudo que sabia com a minha alma. E para finalizar é claro… música.

Um clássico do Aerosmith, poderia ser Pink, mas quis ser diferente. E essa é engraçada também. ;D

Beijosmedesligo x_x …na cama com Steven Tyler.

Tsuyoshi Domoto

Já mencionei aqui sobre alguns artistas, e acho que em algum momento mencionei sobre Tsuyoshi Domoto mas, nunca fiz um post específico sobre ele. Bom, chegou a hora. Chegou a hora porque surgiu na conversa com uma amiga, e quando eu falei que Tsuyoshi Domoto é o grande amor da minha vida ela riu… :(
Que isso gente, sou super realista. Este homem só não está casado comigo porque não me conhece! Ok, brincadeiras a parte, surgiu a hora (e até passou dela) porque neste mês foi o aniversário dele (dia 10 de abril) e achei que valeria a homenagem!

Eu imagino que quase ninguém no Brasil saiba quem é Tsuyoshi Domoto e pode qualquer um pensar que foi apenas um amor que deixei no Japão. De certa forma é, mas não é. Tsuyoshi Domoto é um cantor, ator, compositor, guitarrista, dançarino e sei lá o que mais, japonês. Faz dupla com Koichi Domoto e sua dupla chama-se Kinki Kids.
Apenas para acrescentar informação, Kinki Kids, diferentemente do que pode-se passar pela cabeça, não são meninos tarados pois “Kinki”, não vem da palavra inglesa “kinky” e sim da região “Kinki” do Japão, também conhecida como região de “Kansai”. Pois bem. Eles são os Kinki Kids, pois, Tsuyoshi é de Nara, e Koichi é de Hyogo e ambas as províncias pertencem à região de Kinki. (Também é a região que engloba Osaka e Quioto, os locais mais conhecidos desta área.)

A primeira vez que vi Tsuyoshi, porém, não foi como Kinki Kids, e sim como ator num “dorama” (novela japonesa) chamada Kindaichi Shonen no Jikenbo. Uma releitura de uma série antiga, um tipo de Sherlock Holmes japonês onde Tsuyoshi atuou no papel principal, Hajime Kindaichi, o neto do famoso detetive Kindaichi (posteriormente interpretado po Matsujun do Arashi numa remake, para quem gosta de Jpop). Ele tinha uns 16 ou 17 anos na época da novela, e eu uns 12 anos. Uma fase complicada para as meninas sabe… Muitos suspiros rolaram, é verdade… E foi adquirindo revistas de boyband japonesa descobri que ele fazia dupla com Koichi e o amor só cresceu porque eles, além de cantar e dançar, apresentavam alguns programas de televisão muito engraçados na época e também estampavam frequentemente as capas dessas revistas teen. Eu colecionava as fotos, recortava, fazia painéis, colava na parede do quarto… e lá se iam mais suspiros…

E aí você me pergunta: Tá mas… esse cara é tão lindo assim??

Então……………….. {:(
Gente… coração de menina é uma coisa assim, inexplicável entende?
Na foto abaixo, Tsuyoshi com 17 anos.

Tsuyoshi tem 1,58m de altura, deve pesar tipo uns 56kg. Não é um japonês horroroso mas Koichi está ganhando dele na beleza… :(
(E DAÍ???? EU GOSTO DO TSUYOSHI MESMO ASSIM TÁ?????)
A carreira deles estourou em entre 1998 e 1999 com a música Garasu no Shonen, e depois só cresceu e cresceu. A dupla chegou a entrar para o Guiness Book como recorde de muitos singles em primeiro lugar seguidos!! (Comprove a veracidade desta informação clicando aqui.) Realmente agrada à todos os públicos pela diversidade dos estilos musicais.
(Abaixo, imagem dos dois na época, capa do CD Garasu no Shonen)

Posteriormente, tanto Tsuyoshi quanto Koichi tiveram projetos solos. Koichi fez um tipo de teatro tradicional japonês, misturado com música moderna, não sei muito bem… Tsuyoshi porém, juntou “uns negão” e produziu vários Soul Music misturando o estilo japonês. Bem alternativo, eu diria… Ele gosta muito de peixes, coleciona peixes e tem uma sala com muitos peixes em sua casa, então colocou o nome do seu projeto de Endlicheri * Endlicheri (endlicheri é uma espécie de peixe africano), onde ele mesmo interpretava uma personagem chamado Cheri, com roupas mega coloridas inspiradas nas estampas africanas misturadas às estampas dos kimonos tradicionais.

Além de todas as coisas maravilhosas, Tsuyoshi foi considerado o homem mais fashion do Japão pelo seu estilo único de se vestir e seus penteados originais, sempre criando tendências de moda; praticamente um it boy japonês. E em parceria com uma empresa de moda, criou a CA4LA, uma loja especializada em chapéus e acessórios.

Neste ano Tsuyoshi completou seus 37 anos. Ainda continua firme e forte na dupla Kinki Kids junto ao Koichi, apresentando vários programas bacanas e sendo maravilhoso como sempre… ai ai… Teve um período em sua vida que quase desistiu de tudo pois, descobriu-se com síndrome do pânico e teve que se afastar por um tempo. Depressivo, teve que tomar remédios, engordou… mas, com o apoio da família, dos amigos e dos fãs, recuperou-se e está firme e forte para a minha alegria e a alegria dos fãs! A impressão que tenho é que Kinki Kids nunca envelhece. Só ficam mais gatos com o tempo. *_*

Bom, então é isso. Esse homem é tudo de bom e finalizo com um link de uma música deles! Não é a minha preferida, mas, os japoneses são muito rigorosos com direitos autorais e não se acha os clipes das músicas facilmente na internet… Espero que gostem… :)

Beijosmedesligo x_x

 

As mulheres loiras de cabelos curtos.

Como todas as mulheres, mesmo sendo do sexo feminino, tenho um lado masculino. Ele não fala muito alto, é fato, mas meu lado masculino definitivamente gosta de mulheres loiras de cabelos curtos. Estou falando isto porque na época da faculdade recortava das revistas, imagens de mulheres que considerava “fashion”, “cool” e bonitas é claro, para me inspirar à criar os croquis e quando me dei conta, havia sim todos os tipos de mulheres mas sobretudo, mulheres loiras de cabelos curtos.

Segue a lista das musas; não está em ordem de beleza nem nada. Só fui lembrando e postando…

1. Marie Fredriksson
Acredito que a primeira mulher loira de cabelo curto por quem me “apaixonei” foi quem eu recentemente homenageei com um post, Marie Fredriksson. Definitivamente She’s got the look.
2. T-Seven
Quando criança ganhei um CD do trio Mr. President. A música Coco Jambo estava em alta e eu admirava o encarte com várias fotos do trio, inclusive da T-Seven, linda e loira.
3. Lesley Lawson (Twiggy)
Na época da faculdade me encantei por Twiggy, modelo maravilhosa dos anos 60. Quem resiste aos olhões de boneca?
4. Agyness Deiyn
E já que estamos falando de moda, não podia deixar de lembrar da maravilhosa Agyness Deiyn, a modelo inglesa que conquistou o mundo com seu charme andrógino.
5. Madonna
Simplesmente porque não poderia deixá-la de fora desta lista.
6. Alecia Beth Moore (P!nk)
E já que falamos de cantora, faz-se necessário mencionar minha “ídala” P!nk, mulher linda, talentosa e poderosa!
7. Marilyn Monroe
Simplesmente a diva das divas, Marilyn Monroe.
8. Juliette Lewis
Há muito tempo quando ela namorava o homem maravilhoso que era e ainda é Brad Pitt, Juliette Lewis tinha seus cabelinhos platinados. Mas, eu gosto dela no filme “What’s eating Gilbert Grape” (no Brasil, Gilbert Grape, um aprendiz de sonhador) também, onde ela está morena…
9. Emma Watson
Bem… esta não é bem loira mas vale pela beleza; Emma Watson after Harry Potter, que isso meldels, toda linda de joãozinho… *_*
10. Natalie Portman
E só pra acrescentar mais uma não-loira, o que é a Natalie Portman versão short hair, se não uma linda?
 
11. Charlize Theron
Bom… esta é linda de qualquer jeito mas o short blond arrasa! Charlize Theron.
12. Scarlett Johansson
E para fazer a alegria dos meninos, apesar de que gosto mais dela de cabelos compridos, Scarlett poderosa.
Se esqueci alguma loira linda, me perdoem. Foram só algumas que lembrei que me chamaram atenção por algum motivo. Alguém pode pensar: E a Xuxa? Sim, tem a Xuxa também mas me limitei internacionalmente se não o post não teria fim. E Miley Cyrus? Ah, sei lá, é muita mulher nesse mundo!!
Juro que não sou uma lésbica tarada. Na verdade nunca pensei nessas mulheres com desejo ou qualquer sentimento. Apenas acho-as bonitas, inspiradoras!! Quem sabe um dia tasco a tesoura e me pinto de loira só pra variar? Segue Photoshop vagabundo da simulação. hahahahahaha
TESTE BRINCANDO 03.jpg
Vou dormir antes de ser castigada pelo “deus do design” por esse Photoshop vagabundo. Desculpa, eu não domino esta ferramenta. ;_;
Beijomedesligo x_x

“sonkei suru hito” (A pessoa que você admira.)

“Sonkei suru hito” significa em japonês, “a pessoa que vc admira”.

Na sexta série do ensino fundamental do Japão, foi feito um trabalho onde tínhamos que responder a pergunta: QUEM É A PESSOA QUE VOCÊ MAIS ADMIRA?
Eu não sabia dizer quem era a pessoa mais admirável que já havia conhecido em toda a minha vida. Não conseguia pensar em alguém que realmente me fizesse pensar “Nossa, que pessoa admirável!”
As outras crianças falavam, “meu pai; minha mãe; artista tal; escritor tal; personalidade tal…”. Eu no entanto não pensava em ninguém, exceto uma menina que estudava comigo.
Esta menina era pequenininha, sempre muito alegre, cheia de energia, amiga de todos, inclusive dos meninos quando era uma época em que meninos e meninas eram praticamente inimigos (uma guerra dos sexos que eu não compreendia e odiava). Ela desenhava bem, cantava bem, ia muito bem nos esportes (coisa que eu sempre fui muito ruim), tocava piano maravilhosamente bem e ainda por cima ia muito bem nos estudos. Tinha um irmão mais velho que era igualmente bom “em tudo” assim como ela. Uma fofa, uma linda. Então decidi que era ELA quem eu admirava.
Todos da escola ficaram pasmos. Me criticaram. Caçoaram de mim por eu achar a colega de sala mais do que meus pais ou qualquer outro adulto.
Olhando para trás entendo. Na minha visão de criança, tudo aquilo que ela fazia de bom, eram coisas que eu queria ter/ ser. Achava importante para minha vida tudo aquilo, e ninguém que eu conhecia fazia tão bem quanto ela. Então, bom, era automático considerá-la como admirável.
Depois de adulta tive o prazer de encontrá-la novamente. Ela continua pequenininha e muito experta como sempre. Linda, linda de viver!
Não sei muito da vida pessoal dela, mas creio que muitas coisas boas ela deve ter realizado. Hoje em dia trabalha como enfermeira e eu continuo admirando-a.
Mas aquele sentimento de injustiça sempre volta em mim quando penso o quanto tive que ouvir dos meus coleguinhas por ter escolhido ela para admirar…. Poderia ser inveja talvez, por ter escolhido ela e mais ninguém? Não sei. Mas se tivesse a chance de mudar este episódio com o conhecimento de hoje (só um devaneio aqui, pensando se existia uma forma de não ter sido humilhada e ter passado por todo aquele sofrimento desnecessário), eu falaria ao invés da coleguinha, o  polímata Leonardo da Vinci.
Leonardo_self.jpg
Leonardo da Vinci segundo o Wikipédia:
Leonardo di Ser Piero da Vinci, ou simplesmente Leonardo da Vinci (Anchiano, 15 de abril de1452 — Amboise, 2 de maio de 1519), foi um polímata nascido na atual Itália, uma das figuras mais importantes do Alto Renascimento, que se destacou como cientista, matemático, engenheiro, inventor,anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. É ainda conhecido como o percursor da aviação e da balística. Leonardo frequentemente foi descrito como o arquétipo do homem do Renascimento, alguém cuja curiosidade insaciável era igualada apenas pela sua capacidade de invenção.[5] É considerado um dos maiores pintores de todos os tempos e como possivelmente a pessoa dotada de talentos mais diversos a ter vivido.[6] Segundo a historiadora de arte Helen Gardner, a profundidade e o alcance de seus interesses não tiveram precedentes e sua mente e personalidade parecem sobre-humanos para nós, e o homem em si [nos parece] misterioso e distante.
Para quem quiser saber mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Leonardo_da_Vinci
Espera… só salientando aqui:
“… se destacou como cientista, matemático, engenheiro, inventor,anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. É ainda conhecido como o percursor da aviação e da balística.”
Acho que essas múltiplas habilidades me atraem, definitivamente.
Não deixando de admirar a menina mas, desta forma seria muito mais respeitada afinal, quem não respeita um cara como Leonardo da Vinci?
Simplesmente admirável….
Beijomedesligo x_x

Marie Fredriksson

Alguém deve saber quem é esta pessoa mas antes de falar sobre ela quero contar uma história.

Quando eu era criancinha lá pelo fim dos anos 80, minha irmã que é mais velha já era uma adolescente. E mesmo que a adolescência nos anos 80 tenha sido diferente do que é hoje, uma coisa era igual: hormônios. É claro que eu naquela época não entendia nada disso, mas me lembro do vizinho sim. E rolava um “crush” a moda antiga, de forma muito tímida e até bem “amiguinhos” entre o vizinho e minha irmã.

Era assim: Tinha uma rádio rock (que também tocava pop) que era o TOP da época. Tocava Guns N’ Roses, Scorpions, Bryan Adams, Bon Jovi, Queen, Maddona, A-Ha, Michael Jackson, dentre muitas outras bandas maravilhosas da época; quando rolava o HIT da semana, o vizinho aumentava o som e ficava soltando o olhar 43 (com feromônio) da janela em direção a minha irmã que era encarregada da faxina todos os dias.
Varrer a garagem sempre pode ser uma diversão quando se tem um vizinho te paquerando ao som de Guns.

Bom, o “crush” parava por ai, mas era muito divertido na época, penso eu. Eu mesma não estava muito para “crush”, eu queria mesmo é atazanar a vida dela sendo a irmã estraga prazer. :D Acho que sou ainda sou um pouco assim. Eu amo minha irmã. Beijos, te amo!

***

Mas então, havia dentre os hits uma música que eu gostava muito e nela tinha um vocal feminino forte e meio rouco. Lembro-me de ter imaginado como seria aquela mulher com aquela voz maravilhosa, pensava numa pessoa muito linda e sensual; até que a televisão me deu este privilégio, em algum momento da minha vida, de conhecer a dona da voz.

E eu a conheci por Roxette.

Já não mais na época do “crush” da minha irmã, mas posteriormente rolava com essa música o inesquecível filme com Richard Gere e Julia Roberts em “Pretty Woman” ou, Uma Linda Mulher, como queiram. Ahh que filme suspirável, que Richard suspirável… Mesmo criança achava este filme muito lindo. (Chorei na cena final dele no carro com buquê de flores e tal, e rola a ópera no fundo, ele sobe as escadas com medo de altura, rola o beijão… emocionante, é sim… Y_Y)

Mas voltando a Roxette, eu olhava aquela mulher cantando tão linda, aquelas roupas pretas, as botas lindas, o cabelo curtinho em “boystyle” sem deixar de ser feminina, aquela silhueta magrinha e elegante, o maridão apaixonado do lado, sempre ao lado, cantando junto àquela mulher poderosa… Queria ser como ela quando crescesse, e sequer sabia o nome dela.

Os anos passaram, passei um bom tempo ouvindo outros tipos de música, mudei meus gostos e depois de muito tempo voltei a ouvir Roxette por nostalgia, e me lembrei de quão boas eram as músicas, as letras, e também me lembrei dela, aquela mulher linda da voz poderosa. (Desde então não parei mais de ouvir.)
Ainda bem que existe internet hoje em dia, muito fácil pesquisar essas coisas.

Marie Fredriksson.

“Ahh Marie, você me inspirou a imagem de mulher poderosa! Hoje sou adulta, não tenho nem o branco do olho parecido com você, mas você continua sendo uma musa inspiradora para mim.”

Bem… Marie não canta mais em grandes shows nos dias de hoje, e por ironia do destino, não pude ir a última turnê mundial de Roxette na vida, que houve em 2012 AQUI EM SÃO PAULO BEM PERTINHO DE MIM, porque eu NÃO TINHA DINHEIROSSSS. Morri. x.x
Ok, é a vida. E mesmo Marie poderosa, passou por vários problemas de saúde antes de conseguir fazer esta última turnê pelo mundo… Quase a perdemos!!

Marie hoje. Esta sueca de 57 anos ainda permanece com seus lindos cabelinhos.

 Para finalizar, uma das minhas músicas preferidas de Roxette:

“Walking like a man
Hitting like a hammer
She’s a juvenile scam
Never was a quitter
Tasty like a raindrop
She’s got the look”

Beijosmedesligo x_x

Murió Sandro.

Em Buenos Aires, no Porto Pirata Pub.

Os 4 amigos brasileiros bebiam um “sex on the beach” e aproveitavam uma das últimas noites em B. Aires, tinha uma pequena tv sem som, que mostrava insistentemente a frase “Murió Sandro” e as imagens do mesmo.

Como qualquer jovem brasileiro, não tinham noção de quem seria o suposto falecido, mas chegaram a conclusão de que seria então, alguém famoso, pois lá no balcão, os garçons comentavam assistindo a tv com caras penosas…

Concluída a noitada depois de bebidas e comidas, hora de pegar o taxi e voltar para o apartamento.

O motorista do taxi era um senhor. Logo a jovem (eu ;*) pensando em ser solidária com o “tio”, resolveu comentar espontaneamente sobre a morte do suposto famoso, já que ele como taxista provavelmente estava na rua e não pôde assistir ao noticiário.

Das mínimas palavras “tortas” em esponhól, apenas uma foi muito clara:

– Sandro murió!

O taxista indignado olhou fixamente para a jovem (deixando de olhar para a rua) e disse:

¡¿MURIÓ?! ¡¡¡oO!!!

Neste momento, todos os jovens oscilaram entre dar risada da situação, ficar com medo que o senhor taxista tivesse um colapso cardíaco, ficar com medo do carro capotar e também manter-se com expressão séria, devido a notícia “espontânea”.

Recuperado do susto, veio a explicação de que Sandro era para Argentina até então, um cantor tão grande e famoso quanto Roberto Carlos é para o Brasil.

hummm… acho que não deveria ter sido uma notícia espontânea de um artista qualquer… =x


R.I.P. SANDRO

 

beijosmedesligo x_x

 

Várias coisas sobre Michael Jackson…

(Reelaborei este post porque tinham muitos erros de português e expressões preconceituosas… acho que melhorou um pouquinho… e desculpem-me se eventualmente alguém leu e se ofendeu. Não foi a intenção, foi ignorância. beijosmedesligo x_x em 15 de maio de 2014 após 5 anos do post original.)

Assisti um documentário (não sei se é classificado como documentário, mas enfim…), o “This is it Tour” do Michael Jackson e em quanto assistia fiquei pensando de quais formas MJ esteve presente em minha vida…

A verdade é que até antes de começar a namorar com o Rafa (que é super fã de MJ), não havia pensado a respeito, e realmente nem sabia nada sobre a vida de MJ. Nunca me interessei sobre o clareamento de pele, plásticas de nariz, queixo etc, costumes exóticos, entre outras coisas… sempre simpatizei com a imagem de MJ, suas roupas, suas danças e sempre gostei das músicas apesar de que conheço somente as mais famosas (que não são poucas, aliás, apenas observando…).

Minha vida pós-Rafa me fez entender que MJ teve vitiligo, e sendo MJ um MEGAPOPSTAR, decidiu clarear a pele em prol de ter uma pele de cor uniforme, independentemente de qual fosse a cor, afinal, pele negra com vitiligo fica completamente manchada (confira no google imagens). Não acredito que tenha sido uma questão racista/preconceituosa. Não vindo de MJ! Quanto as plásticas… bem, eu realmente acho uma bizarro também, mas, acho tão bizarro quanto colocar silicone nos seios ou na bunda… ou nos bíceps como fazem algumas pessoas. MJ fez plásticas no rosto. Tem gente que implanta chifres na testa, abre buraco na bochecha… Cada um cada um. O fato que mais me surpreendeu foi saber que ele casou-se com Lisa Presley, a filha de Elvis Presley. Eu se quer sabia que Elvis havia deixado herdeiros!

Lisa Presley e Michael Jackson

Lisa Presley e Michael Jackson

A questão da pedofilia foi uma coisa que mesmo sem acompanhar jornal algum, e apenas ouvindo boatos por ai, sempre cheguei a conclusão por mim mesma que isso só poderia ser alguém de má índole tentando se aproveitar do dinheiro dele. E de fato era. MJ, após muita luta foi inocentado da acusação de pedofilia por falta de provas.

Minha vida pós-Rafa também me fez voltar a escutar as músicas de MJ e reaprender a gostar dele admirando como ele era bom no que fazia!! Seus clipes muito bem elaborados para época (e ainda hoje); suas coreografias impecáveis q inspiraram, inspiram e ainda continuarão inspirando muitos artistas… Me fez lembrar que brinquei de Moon Walk encerando o assoalho da sala da minha antiga casa, escorregando com restos de uma blusa de lã velha… que dancei MJ com minha irmã nessa mesma sala com uma mão na cabeça e outra lá! HÍHI E relembrei o quanto eram legais suas jaquetas brilhantes e maravilhosas!

Victory-Tour-Jackets

MJ Style

E eu realmente passei a ver MJ com outros olhos; passei a admirá-lo ainda mais, não só pelo talento inquestionável, mas, também pela pessoa que ele foi, que eu não sabia que existia por trás do artista tão perseguido. Uma pessoa que queria o bem de todos, que lutava pelas crianças carentes, lutava contra o racismo, lutava pela natureza, lutava tanto por tudo e por todos que acho até que se esquecia dele mesmo… e finalmente quando percebi (meio tarde, eu sei) na grandeza de MJ… ele se foi…

Mas quando ele se foi, não pude deixar de sentir um alívio, porque dessa forma ele foi imortalizado como O Rei do Pop, o melhor, o criador das melhores músicas, clipes e coreografias, o inspirador, O cara! E as outras coisas mais, serão esquecidas e enterradas pra sempre. As próximas gerações vão entender MJ como o grande homem que foi e pelas suas influências, e se quer vão saber ao certo de suas excentricidades.

michael_jackson_no_santa_marta

MJ olhou até para o Brasil!

O documentário mostra os ensaios de MJ e sua equipe para o This is It Tour, e mostra quão influente, talentoso, meticuloso, querido, amado, especial e tantas coisas mais ele foi para tantas pessoas. E mostra também seu lado frágil, sensível, educado, humilde e amoroso ele foi com sua equipe, sempre abençoando todo mundo. Até suas críticas eram delicadas, e claro, all for love, L-O-V-E. rsrsrs Vale a pena assistir quem gosta das músicas, das danças, e claro, do próprio Michael. Quem procura escândalos e críticas sobre ele e a vida dele não precisa assistir, pois, nada vai encontrar.  Duas coisas que me impressionaram muito é que com seus 50 anos ele preservava a mesmíssima voz de quando tinha seus 20 e poucos anos, e sua postura de bailarino perfeita e impecável.

Smooth Criminal

Smooth Criminal é show!

Lamentável é a sua morte, porém acho que Michael já estava cansado de tudo isso. Quis dar uma despedida com chave de ouro ao seu modo, como sempre, mas não resistiu.

Está tudo bem Michael, você já nos deixou muito mais do que qualquer artista pode ter deixado…

Vou terminar aqui com uma imagem que gosto muito. É um Michael meio Willy Wonka, mas o interessante desta foto é que MJ (além de estar maravilhoso) veste Roberto Cavalli, o famoso estilista brasileiro que fez muitos de seus trajes!

michael_jackson21

Michael by Roberto Cavalli

And all I want to say is… Thank YOU so much Michael, for everything you left!