No caminho.

“A gente sempre quer ter todas as respostas prontas, porque são muitas perguntas e incertezas. Queremos um caminho previamente indicado, com o futuro claro e sem qualquer dúvida. Queremos a segurança de estar pisando em terras firmes, a tranquilidade de já saber o que é. Mas certamente algo daria muito errado se fosse desta forma.”

***
E no início, na infância é assim.
Você até se rebela, tenta fugir do caminho mas não consegue. Sua mãe fala: “Não suba nesta cadeira, você vai cair!” e aí você sobe desafiando sua mãe e a gravidade, e você cai dando razão à sua mãe e sendo dominado pela lei da natureza. Você sabe o que você tem que fazer. Levantar, tomar o café, ir para escola, estudar, fazer a lição… Há tempo de brincar! Assistir o desenho animado. Depois tem que tomar banho, escovar os dentes e dormir. E por muitos anos será assim. Acrescentando algumas coisas. Você aprende a fazer amigos, socializar… aprende que não pode simplesmente sair falando ou fazendo o que da na telha. Aprende que deve respeitar (ou pelo menos deveria aprender…?). Aprende onde é os seus limites. Seus pais, irmãos mais velhos, professores… as pessoas com quem convivem te moldam o ser, te trazem as verdades e iluminam o seu caminho.
Image result for 1st steps gif
Na adolescência você está confiante e caminha sem mais querer a ajuda. Nova fase de rebeldia. Você desafia aqueles que te orientam, ao mesmo tempo que quer provar pra eles que sabe fazer sozinho e mais!  Sabe fazer melhor. Nem sempre funciona.Você critica ao mesmo tempo que quer ser aceito. As vezes os pensamentos são paradoxos e confusos. A sensação de libertação é boa ao mesmo tempo que trás a insegurança, o medo de seguir sozinho nesta jornada. Mas é de fato um caminho inevitável. Neste caminho não há como parar e você segue. Prefere estar na companhia daqueles que “te entendem de verdade”.
Image result for urban tribe gif
A juventude trás toda a potência que necessitávamos para seguir em frente com força, erguer-se na vida, pular os obstáculos com facilidade, curtir a vida de verdade (seja lá o que isso queira dizer). Você não precisa da luz de ninguém pois tem o próprio brilho. Você não precisa obedecer a mais ninguém pois está livre e “sabe se cuidar”. Você sabe das coisas, sabe que sabe das coisas, está confiante, radiante, em plena forma, com toda a energia, e segue orgulhoso. As vezes sente que pode voar e tem certeza de que terá toda esta energia para sempre.
Image result for teenager gif
Ai vem a vida e te da um tapa na cara.
Te joga no chão, te chama de lagartixa.
Image result for alone
Tudo que você acreditava ter, saber e vinha colocando em sua bagagem, lhe são tiradas pela “Sra. Maturidade” e arremessadas para longe. Uma nova realidade se mostra e você começa a ter dúvidas se está no caminho certo, se terá que voltar, se deixou algo pra trás. Você começa a repensar em alguns conceitos. De fato várias coisas aconteceram. Os caminhos se ramificam cada vez mais e existem tantas possibilidades certas e erradas….. Você começa a pensar nesta jornada solitária. Encontra outras pessoas pelo caminho. Algumas estão focadas em suas estradas, outras parecem estar dando uma pausa por tempo indeterminado e dão atenção à estrada dos outros sem cuidar da própria. Algumas carregam outro ser nas costas, algumas são arrastadas, outras são empurradas. Em algum momento alguém te empurrou ou te puxou quando você necessitava. Algumas pessoas aparecem para ajudar você a tirar aquela pedra do caminho. Outras aparecem para jogar a pedra em você. Tem pessoas que andam de mãos dadas. Tem pessoas que andam de mãos dadas mesmo sem saber porque; talvez por hábito, por conveniência, por comodidade. Tem pessoas que te acompanham por um tempo, depois vão embora, voltam, ou não. Algumas desistem… outras são convidadas a se retirarem muito cedo, ou muito tarde… Durante todo este trajeto, alguns sentimentos foram tão bem adormecidos que nem se sabe mais o que era. E lá ficaram porque você não teve coragem de mexer neles quando precisava, ou porque não teve “tempo” de fazer e acabou se acumulando num canto. Já não há mais tanta espontaneidade infantil, nem o vigor juvenil. Você não fica mais tão encantado, você tem calos agora. E cada vez mais a velocidade aumenta; e você vai se sentindo cada vez mais pressionado pelo “tempo”. Você se agarra ao que sabe, segue em frente mesmo assim. Sente confiança, de repente já tem que esquecer tudo, pois, algo completamente novo que você ignora está acontecendo e prestes a mudar todo o seu conceito novamente.
Image result for hope
E aí você pensa:
“A gente sempre quer ter todas as respostas prontas, porque são muitas perguntas e incertezas. Queremos um caminho previamente indicado, com o futuro claro e sem qualquer dúvida. Queremos a segurança de estar pisando em terras firmes, a tranquilidade de já saber o que é. Mas certamente algo daria muito errado se fosse desta forma.”
Ai vem a vida e te da um tapa na cara.
Te joga no chão, te chama de lagartixa.
Image result for dan millman about illusion
Seguimos caminhando.
Beijosmedesligo x_x
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: